De Tol

O projeto de Dierendonckblancke architecten transcende seu mero caráter de instituição educativa para se converter em um ponto de intercâmbio e de encontro social para todos os habitantes do povoado.

Fotografia Filip Dujardin

O projeto da escola primária De Tol se localizada no centro de Herderen, um pequeno povoado belga, e está cercado por uma igreja com seu cemitério, uma creche e um pequeno parque. Para dar lugar à construção do projeto, as autoridades da igreja fecharam um acordo com o município para permitir a demolição de dois de seus edifícios – uma sala paroquial e uma casa pastoral – com a condição de que a nova escola dispusesse também de espaços para as atividades da comunidade.

Assim, a convocatória para o concurso foi conduzida pela necessidade de articular espaços para usos compartilhados. O escritório Dierendonckblancke architecten saiu ganhador, dando início à construção depois de realizar uma série de ajustes ao projeto original.

Implantação
Fotografia Filip Dujardin

O novo edifício, de 1.881 m2, abriga aproximadamente 180 alunos em seus três andares. No nível inferior se encontra o jardim de infância, que conta com o seu próprio pátio de brinquedos e se orienta para a creche vizinha e para o pequeno parque. No pavimento térreo se encontram a entrada principal do edifício, as dependências administrativas, o refeitório e a sala de múltiplo uso. Já no último andar foram dispostas as salas de aula da escola primária, que contam com um amplo hall de circulação entre elas onde se organizam atividades comuns.

Térreo
1° andar

O edifício é conformado por dois volumes ligeiramente deslocados, que formam duas esquinas por onde se acessa a escola. As cores e os materiais que compõe a fachada do projeto – uma chapa trapezoidal com uma pintura verde bem suave apoiada sobre blocos de concreto aparentes – contrastam com o tijolo vermelho dos edifícios adjacentes.

Fachada sul
Fachada leste
Corte transversal
Corte longitudinal

Um estacionamento de bicicletas semicoberto branco funciona como acesso ao edifício principal e estabelece um limite entre o pátio de jogos e o cemitério contíguo ao terreno.

Fotografia Filip Dujardin

O projeto está situado em um ponto estratégico do povoado e o seu aspecto inusitado o transforma em um novo ponto de referência próximo à igreja. A escola, que tenta transcender seu mero caráter de instituição educativa, funciona ainda como um nexo entre o espaço público e os edifícios circundantes ao colocar a sua infraestrutura a serviço de outras atividades. Após as jornadas escolares e durante os finais de semana, por exemplo, o refeitório e a sala de múltiplo uso funcionam como um centro comunitário, aos quais se acessa pelo pátio de jogos da escola primária, localizado no centro do projeto, entre a escola e a igreja. Dessa maneira, o edifício pode se converter em um ponto de intercâmbio e de encontro social para todos os habitantes do povoado.

O despojado design do interior equilibra superfícies de blocos de concreto aparente, forro de placas acústicas, paredes brancas e alguns toques de cor, como o amarelo laqueado dos parapeitos e batentes, o azul claro para as portas dos sanitários e o azul escuro das salas de aula, além do vermelho nas instalações contra incêndios.

Fotografia Filip Dujardin
Fotografia Filip Dujardin

A escola primaria de Dierendonckblancke architecten foi publicada na PLOT 44!

Clique aqui para assinar a PLOT com um 20% de desconto e envio grátis!

Open chat