Jardim de infância Casa Clover

MAD Architects

Fotografia Fuji Koji

O jardim de infância Casa Clover é o primeiro projeto realizado pelo escritório MAD Architects no Japão. A escola, localizada na pequena cidade de Okazaki, tem vistas para os campos de arroz e montanhas típicas da província de Aichi.

O jardim de infância originalmente funcionava na antiga casa dos irmãos Kentaro e Tamaki Nara, que rapidamente tornou-se pequena demais e incapaz abrigar as atividades requeridas de acordo aos objetivos educacionais do jardim. Os irmãos queriam criar uma instituição educacional moderna para que as crianças pudessem se sentir tão confortáveis quanto em suas próprias casas, permitindo que elas crescessem e aprendessem em um ambiente acolhedor.

Fotografia Fuji Koji

“Era importante criar um jardim de infância que parecesse a uma casa para dar às crianças o melhor  ambiente possível para crescer, um que promova a aprendizagem e a criatividade”, afirmou Ma Yansong, fundador e sócio principal do MAD Architects.

Os irmãos Nara escolheram o MAD para transformar a antiga casa da família de dois andares em uma instituição educacional completa. A transformação começou com uma investigação da casa existente de 105 m2. Da mesma forma que as casas vizinhas, o edifício de madeira foi construído como uma casa pré-fabricada padrão. Para manter o mínimo custo de construção o escritório decidiu reaproveitar a estrutura de madeira existente, incorporando-a ao design do novo edifício. A estrutura original de madeira está presente no espaço de aprendizagem principal, como uma memória simbólica da história da Casa Clover. Seus ambientes translúcidos e fechados se adaptam facilmente às diferentes atividades de ensino. As janelas, materializadas com várias geometrias reconhecíveis aos olhos de uma criança, permitem que a luz do sol entre e crie sombras em constante mudança que brincam com a curiosidade dos alunos e estimulam a imaginação.

“Projetamos o edifício a partir do ponto de vista de uma criança, e o layout se concentra na criação de espaços íntimos e diversos”, disse Ma Yansong.

A pele e a nova estrutura da casa envolvem a antiga estrutura de madeira como um pedaço de pano que cobre o esqueleto do edifício, criando um espaço difuso entre o novo e o antigo.

Fotografia Fuji Koji

A forma da casa faz lembrar a uma caverna mágica ou a um forte. Em comparação com a uma casa pré-fabricada tradicional, a nova estrutura de madeira tridimensional apresenta uma forma mais orgânica e dinâmica para acolher o jardim de infância. A fachada e o telhado utilizam materiais de acabamento flexíveis, como as telhas de asfalto que revestem toda a estrutura e garantem a impermeabilização, dando a impressão de estar revestida com folhas de papel.

“Queríamos criar uma peça de arquitetura divertida que ficasse na memória das crianças  quando crescessem.”

Ma Yansong

Para contribuir com o senso lúdico, há um escorregador que desce do segundo andar da casa para uma área de recreação ao ar livre sobre a fachada principal.

Fotografia Fuji Koji
Open chat