Pavilhão em Naoshima

SANAA

Fotografia Cortesia SANAA

O pequeno edifício abriga um terminal de passageiros marítimos em Honmura, na ilha de Naoshima, no Japão. O edifício substitui o antigo terminal e oferece um lugar de espera, estacionamento de bicicletas e sanitários. Honmura é um povoado onde residem muitas pessoas nativas da ilha e é também um lugar popular entre os visitantes dos projetos artísticos, disseminados na área.

Fotografia Cortesia SANAA

O volume foi construído imitando o aspecto de uma nuvem tridimensional de oito metros de altura, montada sobre uma estrutura de vigas de madeira.

O volume foi construído imitando o aspecto de uma nuvem cúmulo-nimbo[1] tridimensional de oito metros de altura, montada sobre uma estrutura de vigas de madeira, conjugando de forma aleatória esferas de FRP (polímero reforçado com fibra) de quatro metros de diâmetro. Com essa morfologia única, os passageiros a caminho do terminal ou aqueles que ainda estão a bordo, se aproximam dele, podem avistar facilmente o porto, inclusive à distância. Esses objetos esféricos tridimensionais de cinco milímetros de espessura criam um espaço no qual os usuários podem se sentir à vontade e ainda desfrutar de uma atmosfera iluminada e ventilada.

Planta e cortes
Fotografia Cortesia SANAA

[1] As cúmulo-nimbo são nuvens que se caracterizam pela sua densidade e crescimento vertical, podendo atingir até 10km de altura; são facilmente identificáveis pela sua semelhança com uma bigorna.

Arquiteto Kazuyo Sejima + Ryue Nishizawa / SANAA

Colaboradores Rikiya Yamamoto, Hyeri Lee, Takayuki Furuya

Área  323 m(terreno), 102 m(construída)

Localização  Naoshima, Japão

Anos  janeiro 2015 – janeiro 2016 (design), fevereiro 2016 – outubro 2016 (construção)

Construção  Kenchiku Koubou Ohyama, Takashi Ohyama

Projetos complementares  ARUP (estruturas), Shelter Co., Ltd e Takashi Ohyama (madeira)

Cliente Prefeitura de Naoshima

 

Fotografia  Cortesia SANAA

Compartilhar